sábado, 6 de setembro de 2008

U.S. Near Deal on Fannie, Freddie

Do Wall Street Journal online: http://online.wsj.com/article/SB122064650145404781.html

Será um trigger para um relief rally?
É possível.

Um comentário:

anãonimus disse...

...mais um filme antigo, velha reprise, mestre KB... que traduzindo espremido o script, tipo assim no sintético ( ou 'no popular'... dá na mesma) resta só restos de uma velha estória, com a escória de sempre:

o govêrno gringo cria um Orgão em 1.938 para injetar grana no setor de hipotecas e consequente apôio ao diversificado setor da indústria da construção civil (rápida geração de emprêgos etc); que na década de 40/50 já é uma Agência e na de 60 já tem gente grande de ôlho no apetitoso filé desossadinho e lindiu, tudo OK... e daí se privatiza o complexo em 1.968, Fannie à frente de k e lá no Govêrno sei não (...não gente, o Motta não... isso, foi aqui, nas teles), pois o Lyndon Jonhson, eterno ernesto, administrava sua queda de cabelos e popularidade oriundas do afair Vietnã criado por JFK e Mr. Mac Na Marra; guerra muiiiiita, grana idem injetada aos tubos no enorme e complexo parque industrial-militar... tudo OK e muiiiiitas facilidades, grana barata tipo o nosso BNDES: e o tempo, como sempre passa, foi passando e como todo filme de terror, no the end deu no que deu nas tais mortages (nome sugestivo, pô), com a ganância up e os prêços das casas alavancados láááá no espaço; e daí?... ôps!... bôlha a vista [...vista grossa de Alan que passa a bola para alguém Ben cego, digo bem cego que agora quer ver Henry Paulson de beque no Tezouro, trocando ambos (nem sei se o Buxi palpita, deve 'boiar'), os titulares Muddinho da engraçada Mae e Syron da pesadelo Freddie por interventores reservas do govêrno (já no aquecimento) e não mais sentados no "banco" (oficial)... com b minúscula?... quá, tanto faz, tudo fed... são 5 Tri ameaçados, 14 já perdidos, mesmo com os 168 (isso aí é Bi)pôrrrrrrora 'injetados'); bôlha esta que só não viu a turma do Ben... a do Mal viu, C lembra?]... nóis míseros mortais, além de reles latinos e míopes de dar dó, já coretávamos a tal bolhona em 2004...

quá, Fa Z U Q né uái?

bração.