terça-feira, 23 de setembro de 2008

Na verdade as LTB's não foram rompidas


Como disse o S. não houve rompimento da LTB no diário do BOV. Em WS nem perto chegou. Se o termo volatilidade "kills" a tendência esta é a hora de provar ser verdade, pelo menos no curto prazo. Em hipótese alguma falo em alta de longo prazo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Senhor Bob

Concordo plenamente com o aviso do quadro.

Eu tambem penso que vai é continuar caindo.

Saudações.

smarca disse...

Bob, você mais do que ninguém acompanha algumas de minhas operações via MSN, pois ambos estamos por lá diariamente, parte do dia.

Mercado de alta, caiu é para comprar no recuo, que o digam as médias ajustadas!

Porém, mercado de baixa, armou, subiu, encostou na ltb, fraquejou e começou a recuar, no timing de cada um, é hora de embolsar lucros, decidir empates técnicos honrosos e assumir pequenos prejuízos e deixar rearmar ou perder de vez as pregas.

Não somente o Ibovespa tocou precisamente em sua ltb. PETR4, VALE5, BBDC4 e CSNA3, falando das mais líquidas apenas, fizeram o mesmo. As demais líquidas não possuem um traçado tão bem definido quanto estas citadas.

Por outro lado, segundo a Teoria de Dow, pode-se retroceder até 66% do empuxo inicial sem que a tendência seja perdida. 50% é mais usual, diga-se de passagem.

Então, hoje nos 66% de recuo temos o S&P 500 e Dow Jones Industrial.

Ibovespa recuou até os 50% hoje também.

Em palavras simples, se isto for uma consolidação do empuxo inicial, algo como uma Onda 2 de curto prazo, saberemos brevemente em poucos dias, até porque uma Onda 3 é inconfundível.

Por outro lado, se a região de suporte, dado pelos respectivos últimos fundos, criados com grandes volumes, for perdida, ainda mais sem vendas a descoberto yankees (de instituições financeiras) vamos para il grand finale, algo como o KB define como a dor em seus extremos, novo pânico, fruto de um novo susto após certa tranquilidade dos últimos movimentos e, finalmente, a capitulação da massa que ainda não capitulou.

Como dizem: setembro é negro e outubro é que leva a fama.

Para bom entendedor, meia palavra basta.

Ligado e atento aos próximos movimentos que ainda não estão definidos.

smarca disse...

Algo facilmente observável é que o tamanho dos lotes negociados hoje foram sensivelmente maiores em PETR4, VALE5, BBDC4 e ITAU4, sempre falando das mais líquidas.

Ou seja, vendedor maior desovando lotes para compradores menores.

Mais um dado apenas e isso foi hoje.

Amanhã é amanhã.

É a somatória do todo culminando com o price-reaction que dá o tom da banda.

Deixa rolar !