segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

TUDO AZUL... MAR CALMO E CÉU DE BRIGADEIRO !

...e assim amanheceu o dia de hoje, após a lua, que iluminou, nesta noite, a Ásia e a Oceania e agora já está contaminada do mesmo excelente bom humor a Europa tôda; cabendo assim, à sagacidade do leitor -que tenha acompanhado, atentamente, o TiB e repensado as milhares de palavras contidas nos charts do Fact; como também nas últimas observações do KB sôbre "o objeto da caça" and, first or last, BUT òbviamente, a'torcida discreta' e quase imperceptivel (rsrs) do Bob pelo furo UP do seu Triângulo das Bermudas - aquilatar; para o uso, gôso ou brochura; por quanto tempo vai perdurar esta promessa de pull; pois, galinha morta, há (e até já depenada, para quem quizer aguardar ainda na canjinha); e daí, desejo a todos boa sorte nesta virada, BUT, a meu ver, ninguém, ao menos por ora, deve dar-se o direito afoito de chutar quanto ao prazo de duração da euforia, ôps digo, da calmaria; já que - mudar, a moldura atual - não quer dizer absolutamente, mudar o quadro geral; o qual deve ser atentamente observado, no passo a passo da locomotiva chefe da Matriz de WS, através o rítmo às vêzes desconcertante, do corneteiro lider acima.

5 comentários:

aguia disse...

caro Leitor, colega pato (ou sarda):

já no macro - não tendo postado o vampirão nesta madruga, por estar viajando para a sua idolatrada Serra do Cipó (e pela demora em ligar o micro de maleta, deve ter ido a cavalo, rsrs) - trancrevo aqui, não que se nivelem, meus coments ao Post "Moment Is Deflationary but..." do meu Mestre FactFinder. Para pegar todo o contexto dê uma olhada no texto em seu BLOG, o primeiro indicado pelo TiB, bem ali ao lado, abaixo da tarja verde do registro das visitas e leia, também lá, o imperdivel coment do meu querido amigo e veneravel Chartist Bob.

"Mestre FACT:
embaixo, no quadro das recessões, "shaded areas indicate US recessions as determined by the NBER", só para ilustrar, não a si, já careca de saber òbviamente, mas a algum visitante seu, pato com eu: o NBER (National Bureau of Economic Research) é um comitê acadêmico não governamental, formado por 7 dentre os mais renomados especialistas em medições do desempenho econômico americano e é quem determina, lá nos EUA, por sua reconhecida e indiscutivel reputação, os períodos de crescimento ou de recessão (ou depressão, quando mais longo e mais duro o ciclo de contração econômica).
foi êste comitê que - recentemente - declarou o fato de Tio Sam ter ingressado no atual ciclo recessivo, desde Dezembro do ano passado; eis que fazem mui qualificadas; prolongadas; irretocaveis e meticulosas medições do leque das atividades da conjuntura econômica; abrangendo períodos que variam de um semestre a um ano e meio; tal a gravidade que sabem ter os resultados de suas análises e a seriedade do nivel de repercussão de tais indefectiveis conclusões.
afirmam alguns de seus membros que o quadro atual - que já contabiliza a perda de cêrca de dois milhões de postos de trabalho, além de outros indicadores negativos, durante todo o ano atual - em se deteriorando, como prevêem, até meados do ano que vem, caracterizar-se-á como o segundo maior ciclo, já então depressivo, já vivido pelo povo americano.
só perdendo em longevidade para a chamada Grande Depressão [que - coincidentemente - irrompeu depois do crash bursatil de WS em 29, onde ficou indelevelmente gravado, na história do market, o memoravel episódio em que se jogavam papeis (ações) pelas janelas dos prédios daquela rua (...e até pessoas)].

comento, só para constar, pois continuo otimista, após ouvir o Mantega e o nosso quixotesco presidente.

quanto à inflação - que por ora sòmente as donas de casa notaram, como sempre, LÁ e K - tenho insistido aqui com os meus botões que vai ser de uma complexidade enorme LÁ, dada a sinuca de ter que aumentar a Taxa (o que é facil já que está negativa) e aumentar liquidez para irrigar a atividade (o que é dificil já que a grana sumiu e a Taxa dismilinguiu).
"o jeito será emitir papel moeda, mais papel que moeda e o Dragão, dono da bola sete, está rindo e manso, bocarra aberta e com o lança-chamas já até lambendo a lança de São jorge", diz um botão.

já para Meirelles, a confa é pior e a caçapa fechada, já que baixar não deve, justamente por conta do Dragão inflacionário, ex inquilino alegre aqui da praia; e - SE AUMENTAR - êle cai (não o Dragão), para não cair o da barba nas pesquisas, BUT... "até quando?", pergunta outro botão.

sim, course, mas continuo otimista - tal como o nosso Sancho Pança - e não alarmista como algum apressadinho possa pensar; apesar de alarme ser coisa boa, pois previne as pessoas para procurarem logo a saida de incêndio... áxu; e os demais botões discordam.

[2X15 e ( )].

7 de Dezembro de 2008 21:26

aguia disse...

apenas um adendo:
ao comparar o atual ciclo negativo com o da Grande Depressão - que durou 3 anos e 7 meses e afundou o PIB gringo até o cabalístico número de -13% em 1.932, levando a taxa de desemprêgo para 25% - iniciado após o crash de perdas bursateis do market em 1.929 (-90%) - usei o têrmo "longevidade" - por não acreditar que o atual ciclo; mesmo que o suplante no tempo; possa ser tão abrangente quanto aquêle que foi o mais grave de todos os tempos, com quebra de mais de 30% dos Bancos; fato êste que fez escola e com lições que agora se aproveitam.

num quadro mundial, onde, repito, nosso país, realmente rico de oportunidades e diversidades naturais, por incrivel que possa parecer aos mais céticos, leva, na verdade uma baita vantagem, por suas invejaveis peculiaridades (políticas não, claro; e - ao contrário - apesar de...).

houvesse dentro da voraz e fisiológica arena tríplice representativa de nossos desígnio - não apenas um ou outro, BUT - mais homens de verdade, Pindorama seria um Paraiso.

BOA SORTE A TODOS.

Psycho disse...

Hey, grafistas,

Lição de casa pra vocês: 80% do volume da NYSE hj é gerado pela atuação dos algorítimos. Um banco me confidenciou que o rallie tradicional da ultima hora lá fora (seja pra baixo ou pra cima) é gerado pela atuação dos mesmos. Exemplo, se o mercado chegou até a ultima hora acima de uma media X, compre tudo. Se fechar abaixo, venda. E é esse fluxo baseado nos mesmos parametros que provocam o tsunami ou avalanche de ultima hora.

Pergunta ao grafistas: qual o valor de X?

aguia disse...

elementar caro Watson, digo, caro mestre Psycho:

X = Y

e se vir um cara, atravessando sampa, a cavalo...

c bana a mão:
é o Vampirão.

e um abração.

shsakata disse...

O SP500 está bem próximo de testar a mms de 50d:

http://stockcharts.com/c-sc/sc?s=$SPX&p=D&b=5&g=0&i=t01248848102&r=9592